exposicao-tnsc-teatro-nacional-de-sao-carlos

Neste ano de 2014, e além dos de Pedro António Avondano, também se celebram os 300 anos do nascimento de Niccolò Jommelli, um dos vários italianos que influenciaram, que marcaram decisivamente a música no nosso país, a sua composição e a sua encenação, principalmente no século XVIII, mas também posteriormente. Assim, e para assinalar a efeméride, está patente até 10 de Outubro, no Teatro S. Carlos em Lisboa, a exposição «Della Gloria, e dell’Amor – Olhares sobre a Obra de Niccolò Jommelli (1714-1774) em Portugal». A mostra inclui vários documentos – partituras, libretos, cartas – pertencentes ao Arquivo Nacional Torre do Tombo, à Biblioteca do Palácio da Ajuda e à Biblioteca Nacional de Portugal. Compositor prolífico, tanto no profano (óperas) como no sacro (oratórios, requiens), Jommelli seria sem dúvida uma presença regular numa Ópera do Tejo que tivesse existido para além de 1755.