Vista sobre a Ópera RealNeste site iremos acompanhar o percurso deste edifício histórico, lamentavelmente perdido a 1 de Novembro de 1755 aquando do terramoto de Lisboa, e que tinha aberto as portas ao público cerca de 6 meses antes, tendo exibido apenas duas óperas.

Ao longo destas páginas, estudaremos não só a história e a música do período, mas também o trabalho de «arqueologia virtual» que permitiu a reconstrução, em ambiente 3D, deste edifício, inserido no mundo sintético do Second Life.

Agradecimentos a Emanuel Rosa pela utilização da imagem «Azul-Terramoto 1755» que serve de pano de fundo a este site, assim como a Octávio dos Santos pela inclusão dos textos anteriormente publicados no seu blogue pessoal Octanas. As imagens da reconstrução virtual da Ópera do Tejo em ambiente Second Life® são da autoria de Silvana Moreira, projecto orientado em 2005 pela Profª Alexandra Gago da Câmara e posteriormente incluído no projecto de âmbito mais alargado City and Spectacle: a vision of pre-earthquake Lisbon que visa a visualização arquitectónica da Lisboa Barroca antes de 1755, permitindo aos utilizadores a imersão num mundo 3D e a participação em eventos e espectáculos reproduzidos neste ambiente.