_verney

Depois do congresso «Luís António Verney e a Cultura Luso-Brasileira do seu Tempo», que decorreu em Lisboa, na Biblioteca Nacional, a 16, 17 e 18 de Setembro, vai ter lugar na capital do Norte o segundo grande acontecimento, e momento, do «Ano Verney», da celebração múltipla dos 300 anos do nascimento daquele: a Faculdade de Letras da Universidade do Porto vai realizar, nos próximos dias 3 e 6 de Dezembro, o colóquio «Para uma edição crítica da poesia de Verney», que constitui igualmente o início, a primeira fase de um projecto…

… Que consiste precisamente em dar a conhecer, de uma forma mais alargada e sustentada, o que muitos sem dúvida desconhecem e que constituirá uma (grande) surpresa: que o autor de «Verdadeiro Método de Estudar», da «Metafísica» e da «Lógica» também escreveu versos! Como é referido na apresentação da iniciativa, será desenvolvido, «a partir de uma investigação de Francisco Topa, um projecto articulado de edição crítica da Poesia quase desconhecida de Verney, reunindo destacados especialistas nacionais e internacionais numa cooperação que pretende constituir-se, desde este primordial esforço, em ensaio de um amplo projecto de estudo inter-universitário sobre estrangeirados portugueses no estrangeiro e estrangeiros em Portugal. Serão conselheiros Olivier Bloch (Université de Sorbonne, Paris I), Jonathan Israel (Princeton University) e Laurence Macé (Université de Rouen). Cristina Marinho (Universidade do Porto), Francisco Topa (Universidade do Porto) e Jorge Croce Rivera (Universidade de Évora) coordenarão a comissão científica deste longo exercício concertado.»

Na Universidade de Évora, onde Luís António Verney estudou, deverá igualmente realizar-se, mas em 2014, outro evento de homenagem ao grande filósofo e pedagogo; e que, em princípio, decorrerá no colégio com o seu nome. Se nessa ocasião estiver presente pelo menos um representante da organização do congresso realizado em Setembro na BN, deverão ser oferecidos à UdE exemplares de um postal comemorativo da efeméride, emitido pelos CTT-Correios de Portugal, e apresentado pela primeira vez naquele congresso.