Hoje, tal como já anteriormente anunciara, eu e os restantes elementos que integram actualmente o «Projecto Ópera do Tejo» estivemos em Braga para participar no VAST 2008. Com o título «City and spectacle: a vision of pre-earthquake Lisbon», a comunicação que apresentámos revelou a mudança de perspectiva que efectuámos em relação a 2005: construída agora pela Beta Technologies, a nova «recriação virtual» abrange também, além da Ópera do Tejo, o palácio real pré-1755 em que aquela se integrava.